Dia Internacional do Idoso

Os Serviços de Psicologia e Orientação do Agrupamento de Escolas de Santa Comba Dão, em parceria com a Seção de Programas Especiais do Destacamento da GNR em Santa Comba Dão e, os Serviços de Ação Social da Câmara Municipal, comemoraram o Dia Internacional do Idoso (1 de Outubro de 2012), instituído em 1998 pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Este projeto, inserido no Ano Europeu do Envelhecimento Ativo, teve como principal objetivo promover a intergeracionalidade incentivando a solidariedade e partilha de experiências.

A atividade englobou duas partes.

 A primeira, consistiu numa tarde cultural, que decorreu no Cine-Teatro da Casa da Cultura de Santa Comba Dão, cujos destinatários foram os idosos do concelho de Santa Comba Dão.

Pelas 15horas decorreu a sessão de abertura, com os discursos do Comandante do Destacamento da GNR em Santa Comba Dão, Capitão João Marques, do Professor Esmeraldo Gomes, em representação do Agrupamento de Escolas de Santa Comba Dão e do Engenheiro João Lourenço, Presidente da Câmara Municipal de Santa Comba Dão.

A atividade “Gerações de Mãos Dadas, uma iniciativa da Seção de Programas Especiais da GNR (SPE – Santa Comba Dão), em colaboração com os Serviços de Psicologia e Orientação do Agrupamento de Escolas de Santa Comba Dão (Projeto Lado a Lado/Troca de Afetos – intercâmbio e partilha de experiências), foi a primeira a decorrer em palco. Dois alunos, do terceiro ano do Centro Educativo Sul, vestiram a pele de pequenos guardas, para transmitir aos idosos conselhos de segurança. Posteriormente, em conjunto com outros colegas de turma e com as Psicólogas Estagiárias do Agrupamento, simularam teatralmente um cenário de furto a idosos, perigo ao qual esta população está especialmente exposta.

À tarde de animação cultural assistiram elementos da comunidade em geral, utentes e funcionários de diversas entidades de apoio à terceira idade do concelho, nomeadamente, a Santa Casa da Misericórdia de Santa Comba Dão, os Centros Sociais e Paroquiais de São João de Areias, Couto de Mosteiro e Treixedo, o Centro de Bem-Estar Social Professor Oliveira e Costa e os Lares particulares Resivida e Lar da Cruz do Rojão Grande.

A cobertura desde evento foi da responsabilidade da RTP1, que entrevistou crianças e idosos, sob o lema de “Ninguém é tão pequeno que não tenha algo a ensinar, nem tão grande que não tenha algo a aprender”.

 

A segunda parte deste dia contou com a visita a um idoso, residente numa zona isolada em Anta, que apresenta graves dificuldades motoras.

Alunos do 3ºA do Centro Educativo Sul e a sua Professora titular, elementos da Seção de Programas Especiais do Destacamento Territorial da GNR (Guarda Costinha e Cabo Sousa), a Psicóloga Gabriela Vieira e as Psicólogas Estagiárias (Ana Afonso, Carolina Oliveira, Dina Amaral e Liliana Oliveira), deslocaram-se à residência deste idoso com o objetivo de transmitir conselhos preventivos de segurança.

 

 Psicóloga Gabriela Alexandra Vieira e Psicólogas Estagiárias (Ana Afonso, Carolina Oliveira, Dina Amaral, Liliana Oliveira e Patrícia Cantarinhas)

 

Texto Redigido pela Turma do 3º ano do Centro Educativo do Sul - DIA DO IDOSO

           

No dia 1 de outubro a nossa turma, o 3.ºA do Centro Educativo Sul, foi festejar o Dia Mundial do Idoso à Casa da Cultura de Santa Comba Dão.

Estavam lá muitos idosos. Muitos deles vinham dos vários lares do nosso concelho. Tivemos oportunidade de conversar com alguns deles e até falámos com uma senhora que já tem 102 anos de idade. Foi fantástico!

Dois colegas da nossa turma vestiram a farda da GNR e foram ao palco dar alguns conselhos aos idosos ali presentes para que estes não sejam enganados (burlados, roubados, etc).

Em seguida, e para reforçar estes avisos, alguns de nós participámos numa peça de teatro em conjunto com as psicólogas estagiárias, do nosso agrupamento de escolas, onde foi demonstrado um assalto a pessoas idosas.

No final do teatro, fomos entrevistados por jornalistas da RTP 1. No início ficámos nervosos, parecíamos pequenas vedetas, pois eles disseram-nos que íamos aparecer no programa “Portugal em Direto”.

Neste dia, ainda visitámos um idoso que vive isolado em Anta. Conversámos com ele e demos-lhe alguns conselhos.

Foi uma tarde que ficou gravada na nossa memória.

“NINGUÉM É TÃO PEQUENO QUE NÃO TENHA ALGO A ENSINAR, NEM TÃO GRANDE QUE NÃO TENHA ALGO A APRENDER”

 

 

Agradecemos a oportunidade que tivemos de participar neste projeto “Gerações de Mãos Dadas”, à psicóloga Gabriela Alexandra Vieira, às psicólogas estagiárias (Ana Afonso, Carolina Oliveira, Dina Amaral, Liliana Oliveira e Patrícia Cantarinhas), aos elementos do SPE da GNR

 

(Cabo Cruz, Cabo Sousa e Guarda Costinha), à nossa professora titular de turma e ao professor de apoio ao estudo.

3º A – CES

Actualizado em Segunda, 12 Novembro 2012 14:09